Photo | Off Sight | Junto à Serra do Pilar...

Para este Off Sight, eu e a Catarina fomos explorar diversas ruínas na zona da Serra do Pilar, mesmo junto à Ponte Luís I, em Gaia. Mostramo-vos hoje um dos edifícios que fotografamos - com grande pena nossa, começa a ser difícil encontrar em meio urbano locais que não estejam fechados e emparedados, por isso ficamos pelo exterior.

Vou dizer-vos a verdade: não consegui descobrir o que foi que fotografamos este mês! Fica o pedido: se souberem o que era, contem-me lá em baixo. EDIT: Escrever tarde e a más horas dá nisto, a Catarina já me tinha dito que tinha sido uma fábrica e loja de móveis que esteve a funcionar até há poucos anos atrás!





#causemyfriendssaidso | 10 coisas que nunca disse em voz alta

#causemyfriendssaidso a festejar o mês que começa com mentiras, fazendo um exercício de honestidade! Na verdade, são 10 coisas que nunca disse. Ponto. E que se dissesse, estaria a mentir. Por isso, fiquem atent@s: se algum dia me apanharem a dizer alguma destas coisas, é muito provável que esteja a armar-me em engraçadinha ou a espetar uma peta a alguém - #foolsday atrasado!

Fotografia de José Santos
Já dormi o suficiente.

LOL. Lole. looool. Pois sim, se eu disser isto algum dia vou atingir os meus #lifegoals e faço festa.

Não me apetece frango.

É o seguinte: sabem aquele mito de que os afro-americanos podiam viver só de KFC? Pronto. Eu acho que tenho uma costela afro-americana.

Por favor, continua, estou mesmo a adorar ouvir-te falar da Casa-dos-Segredos-Love-on-Top-reality-show-aleatório.

Pet peeve here. A sério, malta. A sério. Isso devia ser o guilty pleasure mais guilty  de sempre. E pior do que perder tempo e neurónios a ver isso - já sei que faz rir e tal, mas isso mata neurónios - é obrigar as pessoas que não podem com essas coisas a ouvir falar disso e esperar que alinhem na conversa. Foi giro no primeiro Big Brother, fora os pontapés em directo na TV. Mas já chega!

Moda & Companhia | Girly Girl wants a Dress

Se por um lado tenho tentado simplificar o meu armário e separar-me do que está a mais, por outro lado, confesso: o meu espírito consumista vê o sol a espreitar e convence-me logo de que preciso de algo novo. A nova panca é por... vestidos! Sim, óbvio, cliché, eu sei. Mas olho para os meus, com anos em cima, e com os quais não me identifico (mas que não consigo deitar fora lol) e apetece-me renová-los... e o pior disto dos blogs e das parcerias e tudo mais é acabar a passear pela Rosegal e a querer cair em tentação.

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
dress-rosegal-jiji-wishlist dress-rosegal-jiji-wishlist dress-rosegal-jiji-wishlist dress-rosegal-jiji-wishlist dress-rosegal-jiji-wishlist dress-rosegal-jiji-wishlist dress-rosegal-jiji-wishlist dress-rosegal-jiji-wishlist Image Map Dou por mim a ficar atraída por duas linhas principais: uma muito feminina e meia boho, e, pelas formas simples, largas e descomplicadas. E, a julgar pela paleta de cores em que caí, também ando virada para cores habitualmente tidas como muito girly - venha daí esse cor-de-rosa!

Desde as opções mais leves para o dia-a-dia ou até para a praia, aos vestidos de meia manga ou manga comprida que não nos deixam passar frio nas noites nas esplanadas à beira mar ou na baixa do Porto. Apetece-me tudo. Mas há que ter juízo e controlar os impulsos, por isso...só um destes vem a caminho! Prometo :p

Apostas abertas: qual foi o escolhido?

Outfit | We're all a little mad here

Uma pitada de loucura nunca fez mal a ninguém. Seja para algo importante começar uma revolução que liberte o país, seja para algo trivial como começar um blog e com isso conhecer pessoas maravilhosas. Disse, digo e repito: uma pitada de loucura nunca fez mal a ninguém!

Jacket - Matos António | Dress - Thrifted | Top - Bershka | Sneakers - Sports Direct
Fotografia de Joana Cardoso (The Paper and Ink)


A verdade é que as pessoas que entraram na minha vida com o blog foram uma parte completamente inesperada disto tudo, e uma parte que eu nunca pensei que se tornasse tão boa como é. Eu sei que é um cliché terrível, mas afinal de contas é mesmo isto o que guardamos nas nossas memórias: as tardes boas, os sorrisos, a partilha de ideias e de interesses e as amizades que daqui levamos.

Photo | A Walk in the Sunrise

Tem-me feito falta fotografar. Sair de máquina em punho, explorar e desafiar-me a fazer mais. E com as saudades a apertar, decidi explorar os registos de um passeio feito há uns meses, acompanhando o meu Pai e o meu Padrinho numa ida à caça - não há aqui nenhuma imagem de nenhum animal, não se preocupem. Felizmente eles frequentemente vão apenas passear a arma!



Não sou particularmente fã deste "desporto", mas o contacto com ele desde pequena dessensibilizou-me um pouco e, convenhamos, há poucas coisas melhores do que assistir ao nascer do sol no meio do silêncio dos olivais transmontanos. Precisava de mais uma dose disto.

Mas chega de conversa - deixo-vos com os registos do dia em que finalmente me apanhei o jeito à minha queridinha panquequinha (a 24mm!). O meu pai com a arma dele, e eu com a minha :)