Personal | ACMA | A construção da personagem

A criação de cada uma das personagens que alguma vez levei a palco implica um processo único e que não permite definir uma fórmula mágica. No entanto, há algo com que trabalho sempre - trabalhamos, lá na in skené! - e é disso que vos venho falar hoje, no âmbito do projecto ACMA: como uso os sentimentos na construção das personagens. Poderíamos falar sobre isto durante horas, mas vou optar por ser o mais objectiva possível de início e deixar a minha experiência pessoal - e como uso os Sentimentos - para o fim do post. A verdade é que estamos agora mesmo a preparar uma nova peça para subir a palco no final de Março - podem ver detalhes aqui - por isso todo este processo está bem vivo na nossa cabeça. Se o quiserem conhecer melhor, stay tuned!


Tudo começa naquilo que talvez até os leigos na matéria tenham ouvido falar, comunmente chamado "O Método": embora o próprio autor, Constantin Stanislavski, nunca tenha aceite esta nomenclatura, os princípios que sugeriu para a construção das personagens e trabalho do actor, que foram mudando de acordo com a sua experiência, ficaram conhecidos através do Actors Studio e hoje em dia há alguns actores que são conhecidos como d'O Método: Al Pacino, Jack Nicholson, Marlon Brando, Julianne Moore, Marilyn Monroe, entre tantos outros. Recordam-se dos exageros do Jared Leto ao preparar o Joker e do Leonardo DiCaprio ao preparar-se para o The Revenant? Yep, culpem O Método - levado ao exagero, lá está!

Há cinco "princípios" que guiam esta metodologia de trabalho: 

Fórum de Ideias | Agora que Falas Nisso | Será que podemos mudar o Mundo?

A Daniela do Another Lovely Blog lançou o desafio, e eu gostei tanto que não poderia recusar: o Agora que Falas Nisso é o seu mais recente projecto, no qual que coloca frente-a-frente (ou lado-a-lado!) a opinião de duas bloggers sobre um tema - podem ver aqui a primeira edição. Para este mês, e ao jeito do Fórum de Ideias, que tem andado tão parado: Será que podemos mudar o Mundo?

Esta não é, de todo, uma pergunta com uma resposta simples. Ou melhor, talvez responder seja relativamente fácil, afinal de contas tod@s sabemos a teoria. Em teoria, a resposta é um grande, redondo e sonoro... Sim. Mas então e na prática?


Outfit | Mix & Match

Por norma fujo das misturas de cores e padrões - é algo que me tem levado o pensamento nos últimos meses, a simplicidade. No entanto, dei por mim a arriscar cada vez menos e... bem, é giro ter um estilo definido, mas não quero correr o risco de me aborrecer. E por isso, quando vi este vestido depois de ser contactada pela ToSave, decidi que sim, era o meu estilo, mas não podia cair no óbvio que seria vesti-lo com uns colants e umas botas pretas e pronto. Arriscar nunca fez mal a ninguém - no pior dos casos aprendemos a não repetir a brincadeira. Seja em relação ao que vestimos ou a coisas mais importantes na vida!

Sweater Dress - c/o ToSave | Scarf - Local Store | Coat - c/o Rosegal | Boots - Blanco | Lipstick - M.A.C. All Fired Up
Fotografia de José Santos


Personal + TAG | Tag Nósky

Andava eu aqui a sondar os meus rascunhos e começo a ver que tenho aqui umas TAGs giras para responder - e em atraso, big time! Começo por uma que talvez mostre um bocadinho mais de mim!


Ora. Chamemos-lhe TAG nósky! Com perguntas certeiras, às quais provavelmente vou responder com mais palavras do que devia. E fica o convite - digam-me quais seriam as vossas respostas, seja nos comentários ou em post nos vossos blogs - a lista de perguntas está no fim deste post!

café ou chá? 

Can't we have both?! Humpf...chá, então!

livro ou ebook?

Livro, livro, mil vezes livro!

flores ou velas de cheiro?

Velas, só porque qualquer jarra ou vaso é derrubado pelos gatos, com as previsíveis consequências.

praia ou parque?

P...raia. Difícil, esta.

dc ou marvel?