#causemyfriendssaidso | 10 coisas que não quero ver na praia

Olá Verão, já te vejo a chegar! E, claro, olá praia! E...olá speedos em senhores de meia idade. Hmm. Eu sei que neste post dei a entender que um dos meus safe spots é a praia. E é mesmo, mas só quando não estou na presença de algumas coisas que dispenso e que passo a listar:

Swimsuit - c/o Rosegal
Fotografia de José Santos

1. Já disse. Speedos em senhores de meia idade.

E em "senhores" de menos idade também. Eu sei, cada um usa aquilo que prefere e com o que se sente mais confortável, e as mulheres andam com tudo bem justo e é normal, mas...Damn, há ali coisas que ficam muito expostas. Demasiado expostas. Ai pá não!


2. Mães e pais que gritam mais do que os filhos.

Juro que já ouvi esta: "BERNAAAARDO saia daí que ainda vai ser ferrado pelas ab[ê]lhas!". Verídico, juro que não estou a inventar isto para efeitos cómicos. "Pára de mexer na areia!", "Anda para a toalha!", "Põe protector!", "Brinca com o teu irmão!", "Come a bola de Berlim!", tudo a um volume exagerado, ignorando que não está numa praia privada, e claramente de quem está a um fio de ter um ataque psicótico. Eu sei que "cuspir para o ar" pode dar em levar com elas quando chegar a minha vez, mas calma, malta: são crianças, deixem-nas ser pequenas máquinas de levantar areia!


3. Em compensação... crianças possuídas pelo Belzebu.

Ish. Esta desculpo, mas só porque tenho a opção de pegar nas minhas trouxinhas e mudar de sítio. É, há miúdos que são uns doces, mas também há os que não se calam, só sabem gritar - e quando são daqueles que resolvem tudo com gritos estridentes?! Juro que despertam a psicopata que há em mim -, há os que não têm cuidado com as outras pessoas que estão na praia, and the list goes on. Um dia que tenha filhos acho que deixo de ir à praia...


4. Mau tempo.

Esta inclui chuva, vento, nevoeiro. Coisas que NUNCA acontecem cá no norte. NUNCA. >.> Pior do que isso, é o facto de não dar para perceber como vai estar o tempo na praia até lá chegar. O ano passado houve um dia em que estava um calor abrasador em todo o lado, excepto na praia: havia uma "linha" de nevoeiro que cobria a faixa entre a rebentação das ondas e a estrada. Não percebi.


5. Lixo na areia.

Não, não, nããããão. Uma vez calquei uma garrafa. Beatas são o pão nosso de cada dia. Lenços? Ew. Isto é tão errado a tantos níveis: é um ataque ao ambiente, porque eventualmente isto vai parar ao mar, e é uma falta de respeito gigante pelo espaço e por quem o utiliza. Nem sequer consigo fazer piadas com isto!


6. Pessoas (que não eu) em cima da minha toalha.

Isto é um pet peeve meu, admito. Há ali uma ceninha qualquer no meu cérebro que dá o tilt quando estou na minha toalhinha e alguém decide vir fazer-me companhia. Dou uma de José Castelo Branco e fico a um cabelo de desatar a gritar "Leave me alooooooone!".


7. Fatos de banho, calções, whatever, demasiado pequenos.

Esta poderia estar relacionada com a primeira. Há que não estar em negação: se é preciso subir um tamanho para não parecermos um rolo de carne, é subir! Parecer um chouriço com pernas, prestes a ficar sem circulação sanguínea nas boobs e abaixo da cintura é que não, malta.



8. Camarões.

Não estou a falar dos que se vão comer ao final da tarde no bar nas dunas, com uma cerveja. Não, esses são porreiros. Estou a falar dos camarões humanos, estilo turista inglês em Albufeira. É dar-lhe forte do FPS 50, se faz favor! (A propósito disso, espreitem os posts mais recentes do The Skin Game, a Ana fez uma série sobre protecção solar muito boa!)


9. Famílias que chegam à praia ao meio dia e se vão embora às 16h.

Tenho mesmo que explicar esta? É particularmente mau quando há crianças à mistura. Mas alguém sabe o que são radiações UV?! Era corrê-los da praia via arremesso de frascos de protector solar.


10. Pessoas que ficam bronzeadas ao fim de dois dias de praia.

Esta é só por inveja, não é mais nada. É só inveja mesmo.


E com esta dose de rabugice cruzada com alergia ao sol, dou por concluído o primeiro meio ano de #causemyfriendssaidso! Estão a gostar? :)

Sabem o que é que era porreiro? Contarem-me o que é que vocês não querem ver na praia este ano. Se quiserem contem-me no Instagram - eu cá vou tentar tirar umas fotos e usar #don't :p muahahahah!


13 comentários :

  1. Este post podia ter sido 3scrito por mim! Idetifiquei-me tanto! Muito bom :).
    Tudo nessa lista me irrita, principalmenemte a gritaria. Muitas pessoas não têm noção que estão num local público, comportam-se como se fosse tudo deles.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Adorei o post, não há nenhuma das coisas que escreveste que não me identifique! Ótimo!
    Beijinhos, querida!

    ResponderEliminar
  3. Hahahah gostei da tua lista, identifico com algumas!! Por muito que goste da praia, tenho ido mais para rios (é mais fácil entrar na água).
    Mas a cena das toalhas, é que me irrita mais!!!

    ResponderEliminar
  4. Concordo e concluo que andas em praias demasiado populadas. No fim-de-semana descobri uma praia completamente deserta de manhã (só começaram a chegar á hora de ir embora) e à tarde, já noutra praia, estavam pessoas, mas consegui adormecer com o silêncio.

    ResponderEliminar
  5. Quanto à 4., só me lembra uma palavrinha: Francelos :/ ahahahah

    Eu sou a 10., mas tu podes fazer de conta que não leste, certo? ;)

    Beijinho,

    ResponderEliminar
  6. As únicas que não partilho contigo são a 6 (mas adorei a descrição AHAH) e a 7, porque de resto fico incomodada com tudo.
    Existe mais uma coisa que me incomoda: pessoas com colunas a bombar com música bastante duvidosa que eu preferia não ouvir. Algo muito específico, mas vá-se lá entender porquê que eu apanho sempre.

    Ganha dois produtos da Oriflame!My Own Anatomy

    ResponderEliminar
  7. Aii, mesmo! Pessoas em cima da nossa toalha irritam tanto --'
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
    Youtube

    ResponderEliminar
  8. Epa putos histéricos a gritar tiram me do sério e depois os pais a gritarem com eles ainda mais!
    Esta rubrica está divinal jiji, sempre um fardote de riso hehe continua =D

    ~*Viver a Viajar*~

    ResponderEliminar
  9. Concordo com todas, mas há uma de que não falas e que para mim é a pior: gente que vai para a praia com miúdos e não toma conta deles. No sentido de verem onde estão e o que estão a fazer. No sentido de confirmarem que não estão a ser raptados, fotografados ou a afogar-se. Porque eu sinto-me responsável por todas aa crianças quando os pais estão a ler a Caras e acabo o dia como se fosse educadora dos miúdos que estão à minha volta. Há pais que desligam e entregam para Deus. E eu fico em ânsias todo o dia: estão na rebentação, será que caem? Estão três homens estranhos a olhar para eles... Estão a afastar-se demais... Não conseguem ver o chapéu e estão desnorteados. Não têm protector na pele há 3 horas... Estão a comer a areia... E pronto... Passo o dia a tomar conta de crianças alheias. O meu marido escolhe o local de plantar o chapéu olhando em redor a ver quem tem crianças e foge dessas famílias. Menos, certo?!

    ResponderEliminar
  10. ahahah adoro este post! concordo com tudo em especial gritaria, lixo na praia e essa do mau tempo... éra o que mais odiava quando vivi ai em cima. nao consigo perceber as praias do norte, mesmo com imenso calor ahaha se nao era nevoeiro, era comer areia com o vento!

    https://rrriotdontdiet.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. GOstei do post, e concordo, bjs Jiji e boa semana

    ResponderEliminar
  12. Eu amo praia. Amo. É o meu habitat natural, sei lá. Mas... não gosto da areia na minha toalha! ahahah

    ResponderEliminar
  13. Eu sou mais do "team" Snow White o ano inteiro, porque só vou à praia para passear fora da época balnear. Já há uns aninhos que é assim, porque aborrece-me desde o percurso de ir e vir em filas, a todos esses pet-peeves que mencionaste e mais alguns. Fico mais feliz a ir para o meio do campo, da floresta, ou na piscina só entre amigos/família. É uma paz! :D

    Um beijinho,

    Sofia | Monochromatic Wave

    ResponderEliminar